Marketing feito PARA os Clientes X Marketing feito PELOS clientes.

Marketing feito PARA os Clientes X Marketing feito PELOS clientes.
10 de novembro de 2016 Edu_pezzi

Muitas mudanças estão ocorrendo no âmbito dos negócios em geral.  Marketing, Management, processos, pessoas, consumidores, tudo está se movendo a velocidades incríveis e nossos modelos mentais arcaicos não permitem que possamos segui-los. Kotler em sua apresentação na HSM Expomanagement 2010 fala do Marketing 3.0, mas o que será isso? Bom, no princípio tudo era produto, foco no produto, produção em massa, pouca diferenciação. Mas porque não havia Marketing ou ele era chamado de Marketing 1.0? Simples, não havia escassez de demanda, bem pelo contrário, existia excesso de demanda. Com este cenário as empresas tinham obrigação de produzir qualquer coisa, pois as pessoas queriam consumir e não tinham produtos abundantes, era da produção em larga escala. Dai veio a era do consumidor, ou conhecida como Marketing 2.0, que impera até hoje, o consumidor é o rei, temos que segmentar mercado, atender a tudo que ele deseja e anseia, claro, melhor que o concorrente, porque agora sim há excesso, mas de oferta, o consumidor pode escolher, pechinchar, experimentar. E como se diferenciar (criar valor) e ser o escolhido?  Simples, fazendo Marketing. Mas como se faz essa coisa? Simples de novo, se ouve os clientes (o que é valor para ele) , define-se a vantagem competitiva que eu tenho perante a concorrência, uso os 4 P’s e pronto, está feito.  Simples, não, agora não, porque isso exige mais que táticas e ações, exige estratégia, pensar à frente, ter visão. Aqui é onde começam os problemas das empresas, segundo Kotler (HSM 2010) Marketing é semear, e as empresas não tem essa paciência, Marketing é trabalhar com a demanda, tendo a função de  gerir, nivelar e alterar a sua composição, é fazer mais com menos recursos, é ser criativo, ser ESTRATÉGICO. E as empresas estão enraizadas no conceito que Marketing é comunicação. Já o Marketing 3.0 é mais voltado a VALORES, tendo a preocupação de ter em suas ações um mundo melhor,  sustentável, focado no ser humano na sua plenitude (coração, mente e espírito). Agora os grandes impulsionadores das estratégias são a VISÃO e os VALORES, a empresa tem que ter em seu DNA o querer resolver problemas sociais, sendo com atitudes  sociais onde o bem coletivo está a frente do lucro, ou com produtos que atendam a Base da Pirâmide como preconiza o autor C. K. Prahalad.  São 3 forças segundo Kotler (2010) que impulsionam o MKT 3.0. A Era da participação ou também conhecida como co-criação (Francis Gouillart, 2010) onde o cliente passa a fazer parte do processo da empresa, seja ele qual for. Cocriar é trabalhar junto, é muito mais que ouvir os clientes é obter a sua participação efetiva na construção da empresa e de seu futuro. Hoje estima-se que 50% da construção de uma marca está na mão dos consumidores, devido as social medias e ao seu grande poder disseminador. Uma vez o Marketing era feito para os clientes agora ele é feito pelos clientes. A segunda força é a do Paradoxo da Globalização,  a tentativa de fazer tudo local, mesmo que isso possa parecer não ser uma boa idéia inicial. Em nossa estratégia buscamos custo ou customização, tudo isso depende da Visão e Missão da empresa, aonde ela quer chegar. O terceiro é a Era da Sociedade Criativa, estamos em uma sociedade que precisa se expressar, adora participar e criar.  Porque não utilizamos esta força a favor da empresa? Ai você diz, ok, como eu faço isso. Bom ai você precisa estar entrado no Marketing 3.0 ou na era da cocriação onde só 5% das empresas estão hoje. Segundo Kotler, 70% das empresa ainda estão no MKT 1.0, 25% no MKT 2.0 e 5% no MKT 3.0. Em qual estágio a sua empresa se encontra? Saiba, você não pode ir do 1.0 para o 3.0 sem passar primeiro pelo 2.0. Por último gostaria de falar sobre a estratégia dos 3i da Timberland. A  Integridade de marca é o primeiro, é o ponto de partida, definindo o mercado alvo, baseado no posicionamento da marca e na diferenciação. O 2º “I” é a Identidade de Marca, que nada mais é do que, a criação de uma identidade baseada na promessa feita pela empresa. Por último a imagem de marca, que é o resultado  da diferença entre o prometido e o vivenciado. E acredite a imagem da sua marca será definida pelos consumidores. Monitore as social medias, você tem muito a aprender sobre a sua empresa.

0 Comentários

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*